Posted on Deixe um comentário

Como aumentar minhas vendas por WhatsApp?

Algumas dicas para alavancar seus negócios utilizando o aplicativo


O WhatsApp causou uma verdadeira revolução no modo como nos comunicamos. Hoje em dia, um número gigantesco de brasileiros utilizam o aplicativo, este que substituiu o uso dos tradicionais SMS e até mesmo das ligações, por textos e áudios enviados pelo “Whats”.

E para os empreendedores de plantão, saber utilizar bem o que o WhatsApp pode ser um ótimo caminho para conquistar mais clientes, fidelizar os já existentes e alavancar as vendas.

E o aplicativo é bem democrático, permitindo que aqueles quem já tem uma empresa possam utilizar o serviço para melhorar o seu desempenho, e quem ainda não possui, que possa começar a sua justamente por meio do app.

Quem usa com esse intuito aponta grandes resultados e eles realmente funcionam, mas assim como tudo no mundo das vendas, não é por mágica.

Ao longo deste texto, você poderá compreender como o WhatsApp pode ser uma ótima ferramenta de vendas. Abordaremos algumas dicas para você implementar em seu planejamento estratégico e aproximar ainda mais os seus clientes de sua marca.

Siga lendo e confira! 

Por que o WhatsApp como ferramenta de venda?

Não é preciso falar muito para lhe convencer que tal app é essencial para os seus canais de venda, apenas devo citar um dado:

De acordo com uma pesquisa de 2017, feita pela MMA Mobile Report, o WhatsApp é o aplicativo mais utilizado pelos brasileiros, tendo 68% de preferência.

Ou seja, grande parte do seu público e de seus potenciais consumidores estão no aplicativo, e este serve muito mais que apenas um local de bate papo ou diversão.

Através do app, é possível conversar com clientes e fornecedores, fazendo chamadas de áudio ou vídeo, podendo ser o caminho para o fechamento de vendas.

Se considerarmos que o número de smartphones ativos no país já superou o de habitantes, não é exagero falar que hoje em dia é imprescindível que uma empresa séria esteja presente nas mídias sociais, e o Whats é uma das principais dentre elas.

WhatsApp Business: você conhece?

Caso você não conheça, o WhatsApp Business é uma versão do aplicativo exclusivo para a realização de negócios, principalmente aqueles individuais e de menor porte.

O app possui uma série de funcionalidades interessantes e bacanas para que você possa fomentar as suas vendas, inclusive possibilitando o registro de um telefone fixo.

Pode parecer algo – inicialmente – irrisório, mas quando o cliente sabe que está falando diretamente com uma empresa, a relação fica muito mais séria, e ele deposita muito mais confiança naquilo que você está passando.

Além disso tudo, o app também conta com funções diferentes, como sugestões de mensagens automáticas do tipo “Olá! Posso ajudar?”.

Com o WhatsApp Business, você também pode categorizar clientes como “pagamento pendente” ou “pedido finalizado”.

Vale experimentar!

Tenha uma rede de contatos

Para que qualquer estratégia desenhada possa funcionar de forma eficaz, o aspecto primordial é ter pra quem enviar o seu conteúdo. Ou seja, você precisa de uma boa rede de contatos.

Porém, antes de sair enviando mensagem a todos os clientes que você possui o contato, tenha a autorização deles para isso.

Uma boa forma é oferecer algum conteúdo em troca disso, como e-books, vídeos exclusivos e tudo que possa ser relevante para ele. Com uma landing page, você estará recolhendo informações de contato como o número de celular e email, e poderá assim enviar o conteúdo a ele com a devida autorização.

Organize os seus clientes

Lembra que falamos acima que você pode categorizar os seus clientes no WhatsApp Business?

Bom, isso é fundamental para organizar a sua lista de contatos. Sendo assim, separe os clientes mais frequentes, os que só compraram uma vez e os consumidores em potencial, para que você possa direcionar conteúdo conforme seu relacionamento com cada um deles.

Aplique essas dicas, use o WhatsApp com bom senso e inteligência e veja as suas vendas aumentarem e se tornarem bem mais práticas!

Deixe uma resposta